Páginas

sábado, 13 de fevereiro de 2016
olá queridas e queridos!

Hoje vim compartilhar com vocês o momento mais especial e ao mesmo tempo mais difícil da minha vida... O PARTO.

Muitas pessoas tentaram me falar o que era o parto mas eu só vim entender quando senti na pele.
Primeiramente preciso falar sobre o pré parto de forma bem resumida... a Gestação.

Minha gestação foi razoavelmente tranquila, o início um pouco conturbado com pequenos sangramentos...depois a demora para confirmar o sexo do meu bebê, perdi líquido antes do tempo e por fim a frustração de não conseguir o parto que eu tanto havia planejado e pesquisado.

Vocês devem estar perguntando que parto eu queria né?pois bem... o tão sonhado parto humanizado.
Passei meses pesquisando e idealizando, primeiro por seu melhor para mãe e para o bebê e também porquê morro de medo de cirurgias.

Bom, para não ficar muito extenso esse relato vou começar a relatar ok? kkkk

Entrei em trabalho de parto no dia 13 de abril de 2015, no dia eu nem sabia que era trabalho de parto pois mais pareciam cólicas menstruais, mas mesmo assim procurei um hospital pra ver se estava tudo bem pois  nessa semana meu bebê ficou bem paradinho na barriga e isso estava me deixando louca... nem chocolate tava dando jeito (quando eu queria que o João fizesse batuque na barriga da mamãe era só comer um pedaço de chocolate que era tiro e queda)... chegando no hospital a médica plantonista fez o bendito exame de toque (gentemmmmm... vi o capeta por alguns segundos. Ninguém me contou que exame de toque era tãooooo dolorido.. aliás, minha sogra me contou só que ela é uma mulher muito forte e tolerante a dor então não levei muito em consideração kkkkk) e constatou que eu estava com 1 cm de dilatação... pois é... apenas 1cm e falou que meu trabalho de parto poderia demorar dias para evoluir e me mandou ir pra casa.

No dia seguinte eu tive consulta com meu obstetra pois estava acompanhando a perda de liquido amniótico fazendo ultrassom e ele alertou que se eu continuasse perdendo líquido e não entrasse em trabalho de parto eu teria de fazer uma cesariana.

Voltei pra casa e a tal da cólica continuou e foi aumentando. Como meu plano de saúde estava na carência, durante a gestação procurei uma alternativa via sus para meu parto e foi ai que encontrei o núcleo de parto normal e fiz acompanhamento lá. Fui orientada pelas enfermeiras que quando as contrações ficassem ritimadas era pra correr pra lá e foi o que fiz... chegando lá fiz outro exame de toque ( esse bemmm menos dolorido) e viram que eu ainda estava com 1 cm de dilatação e me mandaram pra casa pois para internar lá o trabalho de parto tem de estar ativo... ou seja pelo menos 4 cm de dilatação.

Voltei pra casa e foi ai que a xiripoca piou... vocês acreditam que o carro resolveu quebrar? pois bem quebrou o bendito. Voltando às dores.. elas pioraram muito durante a madrugada... eu não sei descreve-las, de verdade... terrível. Foram piorando, e piorando e piorando e amanheceu o dia... eu já não aguentava ficar em pé de dor...e as contrações vindo com bastante frequência e os intervalos só diminuindo foi ai que meu digníssimo resolveu ligar pra meu obstetra e ver o que deveria fazer e ele recomendou que eu fosse pro hospital... como já falei acima meu plano estava na carência e eu teria de voltar pra casa de parto mas algo em meu coração me dizia que algo não estava certo e eu comecei a implorar para que me levassem para um hospital particular. Minha mãe achou que era exagero meu e queria que eu fosse para um hospital público mas eu continuei pedindo pra ir para um particular.. gente é sério... algo me dizia para ir para o hospital porquê as coisas não estavam nada bem.

Foi ai que minha mãe acabou cedendo e pegamos um taxi e fomos para o hospital Santo Amaro... momentos de terror em minha vida...quase o início de uma história de terror "era uma manhã chuvosa e engarrafada" kkkk pois é chuva e engarrafamento. Quem mora em salvador sabe que a cidade não aguenta chuva... choveu? parou tudoooo kkkkkk e eu lá tendo contrações terríveis. Foi ai que  comecei a sentir uma vontade terrível de fazer força... pois é... força. Achei que ia parir ali no taxi do meu padrinho (tudo em família graças a Deus). A contração vinha e eu ficava ajoelhada dentro do carro agarrada no pescoço do marido, quando passava eu sentava novamente e fechava os olhos já imaginando a próxima... terrível.

AH!o engraçado ou não kkkk foi minha mamãe linda falando no carro que eu nem tava com dor porquê eu estava conseguindo dormir entre as contrações kkkkk... sabe de nada inocente, eu estava é guardando forças para a próxima contração...

Pausa para atender meu filhotinho lindo que acordou do cochilinho da tarde.

Bom, voltando. cheguei no hospital por volta de 9:30 da manhã do dia 15 de abril de 2015 e rapidinho fui atendida pelo plantonista de lá...gentem eu só queria que aquela dor acabasse, o que me mandasse fazer eu fazia kkkk ele fez outro exame de toque e viu que eu estava com 3 cm de dilatação mas... detectou uma hipertonia uterina (meu útero não relaxava mais, é como se a contração fosse fixa) além de suspeitar que minha placenta estava descolando pois eu e estava com sangramento. Ele ligou para alguém e me mandou direto para o centro cirúrgico...

Foi ai que Deus mais uma vezes interviu (Deus é maravilhoso e abriu todos os caminhos para mim e meu bebê) kkkk vocês acreditam que meu obstetra que estaria em dia de consulta no consultório estava lá naquele exato momento pois a esposa de um integrante da equipe dele tinha entrado em TP e teve de fazer uma cesárea de emergência... 

Fui para o centro cirúrgico, tomei a anestesia (a dor que eu sentia era tão grande que nem senti a anestesia)...Ah! a anestesia que tomei foi a geral pois tanto meu bebê quanto eu corríamos risco de vida ... como sei disso? tá tudo escrito no laudo médico e tenho uma cópia pois como meu plano estava na carência e meu parto foi de emergência eles tinham de ter feito a cobertura total e ele não fizeram daí que vou aciona-los na justiça... mas ai já é pano para outra manga kkkkk

O PARTO.
 Só posso dizer que lembro de pseudos momentos, ou melhor, breves momentos e só tenho fotos porquê minha Amiga/Anja Aelen conseguiu entrar na sala de parto no último momento, depois de pedir muito e só porquê ela é enfermeira permitiram... e só ela viu galera... papai ficou fora da festinha.

Cortinas fechadas, eu totalmente grogue só lembro de sentir que tinha começado pois senti uma pressão na barriga depois ouvi o médico falando  que nunca tinha visto aquilo (e olha que ele é um dos tops da obstetrícia daqui do Brasil) ai ouvi o assistente dizendo que ia ter de cortar mais para tentar tirar o bebê e ai apaguei novamente quando acordei foi com meu bebê passando azulzinho do meu lado. Foi nesse momento que vi minha anja da guarda e perguntei se meu bebê estava bem e ela me garantiu que estava. Apaguei novamente e ai acordei com uma enfermeira me mostrando meu bebê, apaguei mais uma vez e estava sozinha num corredor... apaguei novamente e acordei no quarto.

Pois é, passei praticamente o parto todo apagada.

Fui pro quarto, horas depois meu filhotinho lindo também foi e tadinho, parecia que tinha saído vencido de uma luta da ufc...cheio de hematomas e um inchaço grande na cabeça e na face do lado direito.

Ficamos internados 2 dias e recebemos alta.

Bom, acho que de forma resumida relatei bastante meu parto que embora por via cesariana foi o mais humano possível... fui muito bem tratada... salvaram minha vida e do meu bebê pois eu estava com deslocamento da placenta e meu bebê nasceu sem respirar... o bichinho estava preso em minha pelve sem ter espaço para sair e segundo meu obstetra... mais trinta minutos de demora ele teria morrido... não gosto nem de lembrar disso que lágrimas chegam aos olhos.

Por isso queridas e queridos...principalmente as barrigudinhas que estão me lendo... parto humanizado é aquele adequado para cada mulher no caso concreto...pode ser ele normal, natural, em casa, cesárea... a escolha é sua...faça o que for melhor para você e para seu bebê e ponto final.

Um super beijo e até logo

ME segue :
Instagram: arielesbrito
Snapchat: arielebritomk

0 comentários:

Translate

Receba as atualizações do blog por e-mail

Total de visualizações de página

Pesquisar

O Blog!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou estudante de Direito,amo ler e escrever, sou viciada em comprinhas pela internet, alucinada por maquiagem, perfumes e sapatos e resolvi criar esse blog para compartilhar minhas experiências consumeristas e minhas mulherzices com vocês.

Seguidores

Produtos EUDORA

Produtos EUDORA
Compre Comigo

Make Glam

Make Glam
parceira da loja

TPM de Ofertas

TPM de Ofertas
Parceira do GarotaBipol@r87

Vício de Mulher

Vício de Mulher
Cupom de DESCONTO use o código Bipol@r87
by ArieleBrito. Tecnologia do Blogger.